Ven. Tarthang Tulku Rinpoche

Venerável TARTHANG TULKU RINPOCHE

Um visionário que se dedica à compreensão da mente e do coração humano.
 

Rinpoche nasceu em 1935 nas montanhas de Golok no extremo nordeste do Tibete como o filho de Sogpo Tulku Pema Gawey Dorje, um médico altamente respeitado e detentor da linhagem Nyingma Vidyadhara. A formação de Rinpoche começou em uma idade muito precoce, e seus primeiros professores eram seu pai e professores particulares. Depois de nove anos de idade, ele residiu no Mosteiro Tarthang onde foi iniciado nos ensinamentos da tradição Palyul por Tarthang Choktrul e recebeu instruções da visão Mahayana, meditação, e conduzido por vários Khenpos especializados.

 

Na idade de quinze anos, Rinpoche partiu do Mosteiro Tarthang para viajar para os principais monastérios do Leste do Tibet. Lá, ele recebeu bênçãos, ensinamentos e iniciações de alguns dos maiores mestres do século 20: Jamyang Khyentse Chökyi Lodrö, Shechen Kongtrul, Adzom Gyelsey, Bodpa Tulku, e outros, um total de trinta e um professores.

 

Nove Anos de Retiro, Pesquisa e Publicação na Índia

Em 1958 Tarthang Rinpoche partiu de sua terra natal, viajando através do Butão em Sikkim seguindo os passos de seu guru raiz, Khyentse Chökyi Lodrö. Os próximos anos foram dedicados à peregrinação e retiros em lugares sagrados na Índia. Em 1962, Tarthang Rinpoche foi chamado por Sua Santidade Dudjom Rinpoche, o chefe da Escola Nyingma, na época, para assumir uma posição como Membro na Universidade de sânscrito em Varanasi.

A Escola Nyingma é conhecida como a escola dos antigos, a mais antiga escola do budismo tibetano estabelecida por Guru Padmasambhava no século 8.

Nyingma segue a linhagem Vidyadhara que detém com exclusividade duas correntes de linhagem: os monges  monástidos vestidos de vermelho e a Shangha dos vestidos de branco, leigos, profissionais de yoga, a linhagem do fundador do nosso Instituto.

 

Enquanto ensinava na Universidade de sânscrito por seis anos, Rinpoche percebeu que a herança cultural e espiritual do Tibete no futuro estava em perigo e dependendo da preservação urgente de seu vasto corpo de literatura sagrada. Com a ajuda de alguns amigos, ele estabeleceu a gráfica Dharmamudranalaya num templo birmanês em Varanasi e começou a imprimir e livremente distribuir textos tibetanos importantes e raros que os refugiados traziam para fora do Tibete.

 

Desde o seu começo auspicioso em Sarnath, o lugar onde o Dharma foi ouvido pela primeira vez, Dharmamudranalaya, cresceu e se tornou o maior projeto de preservação de textos do budismo tibetano no mundo. Em 1969, Rinpoche re-estabeleceu a Dharma Mudranalaya nos Estados Unidos e começou a ensinar seus alunos ocidentais a arte da impressão.

 

Sob a orientação de Rinpoche, Dharma Mudranalaya publicou as principais coleções de bibliotecas, como a Nyingma Edição do Kanjur e Tanjur e os grandes tesouros de antigos ensinamentos. Essas coleções vastas e raras estão agora alojados na biblioteca do SINI – Sarnath International Nyingma Institute

Quatro décadas de trabalho do Dharma no Ocidente

Chegando na América no final de 1968, Rinpoche escolheu a Califórnia para se estabelecer, e fundou o Tibetan Nyingma Meditation Center no início de 1969.  Como um dos primeiros exilados tibetanos a fixar residência no Ocidente, ele tem vivido continuamente nos Estados Unidos por mais de quarenta anos. Com o total apoio e bênçãos de Dudjom Rinpoche e Dilgo Khyentse Rinpoche, Tarthang Tulku começou na década de 1970 a desdobrar uma visão de sabedoria em ação que acabaria por abranger mais de vinte organizações diferentes e a estabelecer um impacto significativo sobre a transmissão do Dharma para o Ocidente e a restauração da Dharma na Ásia. Algumas das primeiras organizações criadas por Rinpoche incluem Dharma Publishing, o Tibetan Aid Project, o Nyingma Insititute e o monastério de Odiyan

 

Em 1989, Tarthang Rinpoche, fundou a Cerimônia da Paz Mundial - World Peace Monlam Chenmo, realizada anualmente em Bodh Gaya, Índia, numa cerimónia que atrai mais de 20.000 pessoas por ano. Na última década, também fundou uma série de outras organizações, incluindo, a Light of Buddha Dharma Foundation, Mangalam Research Center para pesquisa de linguas Budistas, a Fundação Guna e o Dharma College.

 

Como o fundador do Centro Nyingma do Brasil, Rinpoche continua a orientar, apoiar e inspirar a visão de nutrir as raízes da linhagem dos despertos e os ramos de crescimento positivo no mundo. Além dessas obras que se estendeu ao longo de toda a sua vida, ele também é o autor de mais de vinte livros em Inglês, e alguns já traduzidos para o Português, incluindo, a Série Tempo, Espaço e Conhecimento, Kum Nye, Gesto de equilíbrio, e Caminho da Habilidade.

 

Inspirado por seu abnegada liderança, resiliência e dinâmica, um pequeno grupo de seus alunos e voluntários ajudaram a levar alguns dos maiores projetos do mundo na preservação cultural, publicação e encontros de paz e oração. Apesar de todas estas actividades, Rinpoche continua em retiro em seu centro de retiro na Califórnia, orientando e guiando as atividades desse centro e de todas as outras organizações.

Tarthang Tulku Rinpoche atualmente vive no norte da Califórnia, no monastério chamado Odiyan, construído em forma de uma mandala tridimensional, semelhante ao primeiro monastério tibetano.

CENTRO NYINGMA DO BRASIL

Av. Prof. Fonseca Rodrigues 224

Alto de Pinheiros

(próx.Praça Panamericana)

São Paulo, SP 05461-010

Tel: +55 (11) 3021-9376 | 3864-4785

Horário de atendimento

2a. à 5a. feira, das 13h30 às 20h

6a. feira, das 13h30 às 18h

CERIMÔNIAS 

Datas >

CERIMÔNIA DO BUDDHA DA CURA

CERIMÔNIA DA LUA CHEIA

CERIMÔNIA DA LUA NOVA

PRÁTICAS SEMANAIS

Veja nossa programação do semestre

MEDITAÇÃO

KUM NYE YOGA TIBETANO

Siga-nos nas redes sociais

  • Facebook Long Shadow
  • White YouTube Icon
  • Instagram ícone social
  • Mail

 ©CentroNyingmaBrasil     www.centronyingmabrasil.org     Todos os direitos reservados

Comentário Visual Comunicações